quarta-feira, 4 de maio de 2011

Invadindo sonhos “O meu seu amor...a faca de dois gumes”

- ... Consegui meu coração agora depois de vários aions...
Compreenda-me... Eu só estava em conflito comigo mesmo e você... Não sentiu???
-Não quero mais falar disso...
-Porque foge?
-Por que... Eu não sei...
-Estou confuso...
-Eu também, mas decidida...
-Eu não acho isso certo...
-Você sabe as opções, faça sua escolha...
-Eu escolho você... Seu bem... O que você quiser eu vou querer...
Mas saiba que tudo que eu fizer, vou ter o mesmo carinho por você...
-Eu também...
Mas...Mas...Mas...
- Vá meu eu...
Por amar você, deixo livre...
-Mas eu não vou... Quero está perto mais não sei como...
Você não me dá o desejo à vontade...
-Se você não tivesse o desejo à vontade você nunca iria me dizer isso... Nunca teria procurado... Ela me disse que você passou por lá...
Se você não desfrutasse do prazer de me ter nunca teria dito isso... Você só diz isso porque teve...
Dei-lhe o que tinha pra dá de meu nada...
Saia daqui, antes que queira que eu deixe de existir...
Sou o senhor do nada... Isso é fácil...Só pronunciar...
- Eu sou parte de você ,tenho nada em mim...Mesmo não sendo rainha...
-Se é uma parte, como pode ter uma vida separada?
-Separo do toque das sombras, mas não do elo que nos uni...
-Amor?
Seria isso?
Desconheço...
-Eu não digo essa palavra para você... E não diga ela para mim não Sonho...
-E por quê?
-Não faça perguntas por que as descobertas me deixam confusa...
-Não lhe entendo pedaço de mim...
O que quer de verdade?
-Tudo...
-Entendo...
Eu só tenho o nada... E nem isso você tem...
Você é muito indecisa... Tudo é muito... O nada é apropriado...
Traga o tudo para o nada... Não posso levar o que não tenho pra algo que exista...
Mas você pode criar no nada o seu tudo...
-Não... Já decidi...
-Como é negligente...
Vá...
Sinto frio em sua partida...

Um comentário:

  1. Ninguém comenta isso aqui não?
    Que vazio comentar sozinho...

    ResponderExcluir